terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Dois textos

Por favor se comentar deixe um email para contato.

Seguem dois textos: um muito bom do David Korten e outro texto do Joseph Stiglitz. Stiglitz e tantos outros economistas famosos, como Nouriel Roubini, Paul Krugman, etc. trabalham só a solução de curto prazo, que não tem nada de novo e insistem na idéia estúpida que a economia está separada do meio ambiente e que a economia pode ser maior que o planeta. Essa visão significa apenas uma coisa: fim da vida tal como a conhecemos na Terra, inclusive a nossa.

David Korten arremata logo no início do texto a realidade aterradora que nos circunda:

When economic failure is systemic, temporary fixes, even very expensive ones like the Wall Street bailout, are like putting a band-aid on a cancer. It may create a temporary sense of confidence, but the effect is solely cosmetic. Politicians and most pundits are looking only at the tip of the economic iceberg. Pull away the curtain to look behind the headlines and we find a potentially terminal economic crisis with three defining elements:

1. Excess human consumption is pushing Earth’s ecosystem into accelerating collapse.
2. Unconscionable inequality and the related social alienation are advancing social collapse manifest in terrorism, genocide, crime, and growing prison populations.
3. Our economic system is ruled by financial markets, global corporations, and economic theories devoted to growing consumption while rolling back real wages and benefits for working people to make money for the richest among us.

Tradução livre:

Quando o fracasso econômico é sistêmico, consertos temporários, mesmo quando muito caros como esse plano de resgate dos bancos dos Estados Unidos, são semelhantes a colocar um bandaide num câncer. Pode criar uma sensação temporária de confiança, mas seu efeito é unicamente cosmético. Políticos e muitos iluminados estão olhando apenas para a ponta do iceberg. Puxe a cortina para olhar atrás dos destaque da mídia e nós descobriremos uma crise econômica terminal que tem três elementos definidores:

1. Excesso de consumo humano que está empurrando os ecossistemas da Terra para um colapso em aceleração.
2. Inescrupulosa desigualdade e alienação social relacionada estão provocando colapso social manifesto em terrorismo, genocídio, crime e crescimento de populações na cadeia.
3. Nosso sistema econômico é regido pelos mercados financeiros, corporações globais, e por teorias econômicas devotadas ao crescimento do consumo, enquanto reduzem os salários reais eos benefícios aos trabalhadores, para fazer mais dinheiro para os mais ricos entre nós.

Outras crises foram superadas com planos voltados com mais crescimento, como esses que estão sendo anunciados, mas há uma diferença: não estávamos tão perto do colapso planetário como agora. Sempre bom lembrar que os Estados Unidos e os países ricos só atingiram o elevado nível de progresso deles sem causar um colapso planetário porque fizeram isso sozinhos. É só mantiveram esse progresso após esgotarem tudo em seu território, por causa das importações globais, onde as trocas ambientais são invisíveis.

Enfim, vale a pena contrapor um texto ao outro e ver como um deles está totalmente alijado da realidade que define cada uma das nossas vidas.

Os textos você pode baixar aqui.

Nenhum comentário: