quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Desligar o micro também é preservar a natureza

Por favor se comentar deixe um email para contato.

O ser humano não produz nada, nem matéria nem energia, em relação ao planeta, somos meros consumidores-transformadores e tudo vem da natureza.

A energia e matéria consumidas não saem de graça, possuem implicações para os equilíbrios ecológicos do qual dependemos para viver, comer, respirar.
Nossos corações só batem porque há um ser vivo capaz de armazenar a luz do sol, respiramos, porque há um ser vivo nos oceanos que produz oxigênio excedente e só comemos, porque existem as abellhas e por aí vai.

A nossa relação de dependência não mudou, apenas piorou muito os riscos daquilo que estamos fazendo. A integridade dos ecossistemas é necessária para todas as formas de vida, inclusive a nossa.

Desligar os micros também é preservar a natureza.

Manter os micros ligados 24 horas por dia não é só um desperdício da natureza, é um desperdício econômico: para usar 8 horas, consumimos energia por 24 horas. Se aplicarmos para a semana como um todo, deixamos os micros ligados por 168 horas, para usarmos apenas 40 horas. É um desperdício de 76%!

Sem falar na redução da vida útil ao manter o aparelho ligado. O desperdício da natureza e econômico é impensável.

Respeite a natureza e ao mesmo tempo ajude a empresa a reduzir custos: desligue os micros quando deixar o ambiente do trabalho, no final do dia e na hora do almoço.

Deus perdoa sempre, os homens raramente, a natureza nunca (autor desconhecido).

Hugo

2 comentários:

eduardoduley disse...

Olá, Hugo, assiste uma palestra sua na Semana Estado de Jornalismo e foi de imensa importância para o crescimento de minha atenção sobre a pauta de sustentabilidade. Hoje, trabalho no Portal IMPRENSA e gostaria de fazer uma entrevista com você sobre este tema.
Gostaria que você me passasse seu e-mail, caso deseje, para que eu possa lhe enviar as perguntas. Ok?
Fica aqui o meu abraço e meus parabéns pelo seu trabalho de divulgação do tema.

Eduardo Neco

E-mail: eduardoduley@hotmail.com

Mariana disse...

Realmente a natureza nunca perdoa e nem pode,pois ela precisa viver,ela tenta resistir a ação do homem,e é por causa disso é q acontecem grandes catátrofes naturais,não por que a natureza é maldosa mas por que estão torturando-a e ela não vai se entregar tão fácil,até porque se ela se entregar e não tentar viver mais ,nós pobres e meros humanos não seremos capazes de aguentar sua ausência.

Hugo adimiro muito seu trabalho,nós que somos ou estudamos nessa área de preservação do meio ambiente,precisamos muito de profissonais não só focados em sua área profissional mais também preocupado com o bem estar social.
É de economista ,engenheiros,médicos,advogados,assim que precisamos.Preocupados com a natureza,com o planeta nosso bem mais precioso.

Mariana Reis
E_mail:mariana.deoliveirareis@gmail.com