quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Comentário

Por favor se comentar deixe um email para contato.

O comentario da Sônia Marli sobre o texto "O mito da separação da economia com o meio ambiente" foi muito bom e merece ser publicado para todos...

Hugo

O termo "separação" traz em si um sentido muito mais profundo e precisamos parar para pensar e então vamos chegar a conclusão que na "separação" está as raízes de todos os nossos dilemas. Quando o homem em sua arrogância passa a fazer divisões ele está também excluindo pessoas, países, raças, ideologias, religião e com o meio ambiente não é diferente.

A economia representa um pseudo crescimento e o meio ambiente enquanto fornece os recursos renováveis está sendo útil, só que esses recursos estão se exaurindo e queiramos ou não existe uma crise muito maior que a monetária.

A crise em si nunca foi problema, pelo contrário, é na crise que crescemos buscando alternativas, mas a que estamos vivendo hoje tem mais a ver com essa SEPARAÇÃO que traz escondida uma forma de elitização. Será mesmo que os "poderosos" da máquina financeira nunca pensaram que dissociando economia e meio ambiente um dia o planeta entraria em colapso, colidindo com esse narcisismo intelectual?

Essa máquina que tritura sonhos, esperanças, impondo medos, pesadelos, fazendo-nos reféns de uma prisão sem grades, alimenta a ignorância como forma de manter a autonomia política, social e financeira. Às vezes penso que temos muitos Hitlers modernos impondo uma cultura de separação e exclusão, em nome de um crescimento economico que nunca terá autonomia, porque estamos em via de decretar falência de um sistema materialista, visionário e egoísta.

Sônia Marli

Nenhum comentário: