sábado, 29 de novembro de 2008

CoP 14 - Poznan - A ONG Vitae Civilis quer mudar o clima dessa convenção !

Por: João Talocchi

De 1 a 12 de Dezembro, acontecerá em Poznan - Polônia, a 14º edição da Conferência das Partes (CoP), onde serão discutidos as propostas para o regime pós-2012, quando termina o primeiro período do Protocolo de Kioto. A metodologia aplicada às negociões seguirão o chamado "mapa do caminho", principal conquista da última CoP (Bali, 2007). 

Entretanto, esse é um "mapa" bem diferente, já que ele mostra diversos caminhos, mas não aponta nenhum destino. Se fosse um mapa pirata, ao invés do "X" que marca a localização do tesouro, veríamos vários pontos de interrogação e um emaranhado de trilhas, mais parecidas com um esboço de nó do que com um caminho a ser seguido. 

É muito difícil que nessa CoP seja decidida qual a melhor trilha, ou desenhado o "X" que demarque aonde queremos chegar, já que estas decisões devem ser tomadas somente em 2009, na CoP 15, em Copenhagen. A proposta da reunião de Poznan é desembaraçar o mapa atual, analisando os diversos pontos de interrogação e as confusas trilhas, o que deve facilitar a sua leitura e nos aproximar do melhor caminho.

O problema é que, apesar do "tesouro" significar "A salvação da raça humana", existem muitos piratas interessados em deixá-lo enterrado por mais tempo... (só que se ele estiver escondido em uma das ilhas do Pacífico, e demorarmos um pouco mais para resgatá-lo, a chance do local onde está escondido ser coberto pelo mar é cada vez maior !)

A Vitae Civilis, ONG brasileira pioneira no acompanhamento das discussões relacionadas às Mudanças Climáticas, estará presente à CoP e além de pressionar o governo brasileiro pela adoção de uma postura séria de liderança, irá desenvolver o projeto "Desvendando a CoP 14". Criado com os objetivos de facilitar a compreensão das negociações climáticas, dar voz às pequenas ONGs e delegações oficiais e permitir a participação da sociedade civil no processo de tomada de decisão dos negociadores brasileiros, o projeto contará com as seguintes atividades:

1. Produção dos boletins analíticos "Vitae Civilis Informa", uma importante fonte de informações onde são apresentados e analisados os diversas mecanismos e ações propostos, sempre a partir da ótica da sociedade civil e com uma linguagem fácil e acessível. Estes boletins, que podem ser utilizados pela imprensa como ferramenta informativa, ficarão disponível no site www.vitaecivilis.org.br e serão renovados periodicamente.

2. Produção dos vídeos "Os olhos da CoP", um espaço voltado para a ampliação da voz das pequenas ONGs (nacionais e internacionais) e delegações oficiais, já que alguns países são muitas vezes representados por somente uma ou duas pessoas (irronicamente estes são alguns dos países MAIS vulneráveis às mudanças climáticas !). Através de entrevistas e análises, os vídeos permitirão a apresentação, divulgação e discussão de diferentes pontos de vista, muitas vezes negligenciados pelos maiores responsáveis pelo problema (irronicamente estes são alguns dos países MENOS vulneráveis às mudanças climáticas). Os vídeos ficarão disponíveis no site www.vitaecivilis.org.br ou www.youtube.com/vcivilis

3. Sala de Chat "VC na CoP", um local onde jornalistas, estudantes e demais interessados poderão  esclarecer dúvidas, discutir pontos de vista e propor sugestões para os membros do Vitae Civilis. Os chat serão realizados em horários e sites pré-determinados (essas informações estarão disponíveis em www.vitaecivilis.org.br).

4. Através do e-mail "vcnacop@vitaecivilis.org.br" qualquer pessoa pode participar da CoP. Estes endereço foi criado para que a sociedade civil envie pedidos, sugestões e críticas para os membros da delegação brasileira oficial. Essa ferramenta é importantíssima para mostrar que a população tem interesse na questão e está fiscalizando as ações de seus representantes, incentivando estes a defender posturas séria e que reflitam as reais necessidades e interesses do Brasil. Os e-mails serão impressos e entregues em mãos a algum membro da delegação pelos membros do Vitae Civilis.

Você está mais do que convidado a participar! E só diga que uma pessoa não faz a diferença, ou é insuficiente para incomodar um governo, se você nunca dormiu em um quarto com um pernilongo!

Para saber mais, acesse www.vitaecivilis.org.br

Grande abraço,

Equipe Vitae Civilis.





Nenhum comentário: