terça-feira, 7 de outubro de 2008

Perguntas e respostas sobre petróleo.

No link abaixo, temos perguntas e respostas sobre petróleo. As perguntas são de jovens querendo posições, empregos na área de petróleo: ou seja, não importa que essa seja a última "rave" planetária, importa é se eu vou pegar um pouquinho da festa. Desinformação, ganância, interesse próprio, o que mais justificará o extermínio da humanidade senão o modelo mental que nos faz tomar as piores decisões possíveis e pior, como se nós fôssemos deuses dominantes e controladores da natureza, ao invés de uma mera espécie animal.

http://oglobo.globo.com/economia/tireduvidas/default.asp?tema_id=2&msg=Pergunta%20enviada%20com%20sucesso&busca=&pagina=1

"Por ventura, foste tu que deste lei à luz da manhã?" Pergunta Deus a Joh numa passagem bíblica. A megalomania do pré-sal é um grande problema e não solução de nada e apesar de enormes descobertas científicas, estamos pensando em nos suicidar mais rápido, por isso resolvi escrever e perguntar ao professor Arlindo Charbet para ver se ele em algum minuto considerou algo mais que o o imediatismo e o curto prazo que tanto caracteriza nosso sistema econômico atual e todas as decisões à nossa volta, Wall Street que o diga.

Sinceramente, essa será mais uma pergunta sem resposta, tal como na pergunta que fiz à Livraria Cultura sobre se usaram madeira certificada na reforma, à L´Occitane se poderiam abandonar o desperdício das embalagens e adotar uma postura mais amigável ao meio ambiente.

Somos como crianças quando pegas fazendo arte: acabamos nos fingindo de mortos e para não levar uma coça ainda fazemos cara de coitadinhos...
____________________________________
Prezado Professor Arlindo,

Porque continuamos pensando em tirar petróleo da crosta terrestre, material que está lá há milhões de anos e a natureza não o vê portanto há muito tempo e não há ciclos regenerativos para ele, o que no final produz uma poluição atmosférica gigante que já tornou as cidades grandes insuportáveis e com uma epidemia de alergias e problemas respiratórios?

Não era hora de mudar a matriz energética e abandonar o petróleo com as evidências tristes de aquecimento global (embora para quem não acredita, não dá para negar que a queima de combustível fóssil na nossa finíssima atmosfera é algo tão antinatural que não dá para respirar)? E aquecimento global não é o problema, é um dos problemas, nesse processo maluco econômico causamos, de acordo com a paleontologia, e isso é pouco comentado, a maior extinção da vida na Terra dos últimos 65 milhões e os cientistas avisam que é muita ingenuidade achar que a extinção jamais se voltará contra os causadores.

O que o senhor acha da proposta do governo do Equador de não retirar mais petróleo da crosta terrestre? Essa busca por mais petróleo não parece ir contra o alerta de Eisntein que disse que aquilo que fez parte do problema, não pode fazer parte da solução?

Obrigado, aguardo ansiosamente suas respostas,

Hugo Penteado

Ao comentar por favor deixe seu a-mail.

Nenhum comentário: