terça-feira, 1 de dezembro de 2009

“Marina vê o meio ambiente como oportunidade, Lula como empecilho”

Por favor se comentar deixe um email para contato.

Por José Paulo Kupfer

Ninguém confirma, mas é quase um segredo de polichinelo que o empresário Guilherme Leal foi convidado pela senadora Marina Silva para vice-presidente na chapa em que ela pretende concorrer à presidência da República, em 2010, pelo Partido Verde. Não é por coincidência que Leal se filiou recentemente ao PV e tem sido visto ao lado de Marina Silva em muitas das atividades pré-eleitorais da senadora.

O paulista Guilherme Peirão Leal, 59 anos, não é um cristão novo na defesa das questões ambientais e do desenvolvimento sustentável. Leal é um dos três co-presidentes da Natura, gigante brasileira do setor de cosméticos e higiene pessoal, com presença de destaque em mercados latino-americanos. A Natura, que opera no sistema de venda porta-a-porta e conta com um milhão de vendedoras, é mundialmente conhecida pela preocupação com o uso sustentável dos recursos naturais – e, mais do que isso, pela difusão ativa de um modelo de negócios em que as questões sócio-ambientais ocupam lugar central.

Um dos 12 brasileiros na lista de bilionários da revista Forbes, Guilherme Leal, com formação em administração de empresas, fez fortuna relativamente rápido. Hoje, afastado do dia-a-dia da Natura, despacha num elegante escritório, decorado com móveis escuros de linhas contemporâneas e tapetes persas, que ocupa dois andares num prédio imponente, situado em área comercial nobre da zona sul de São Paulo.

Durante uma hora, na semana passada, Guilherme Leal conversou com blog sobre eleições, política, economia e, obviamente, meio ambiente e Marina Silva.

Leia a entrevista aqui.

Nenhum comentário: