quinta-feira, 16 de junho de 2011

Eu também tenho um sonho - Fernando Fernandez

Por favor se comentar deixe um email para contato.

O texto do Fernando abaixo está muito em linha com os trabalhos de Nicholas Georgescu-Roegen. Quando a economia foi criada como ciência, Alfred Marshall defendia que fosse uma irmã siamesa da biologia, por ser um sistema aberto, como um organismo vivo. Venceu a idéia de ser uma irmã siamesa da física clássica, a mecânica, e isso criou um dos maiores erros científicos da atualidade e virou um dogma religioso, em cima do crescimento, que vai acarretar o fim da nossa espécie animal. Esse erro é tão grotesco que os economistas assumem em todas as suas vertentes que o sistema econômico é um sistema isolado, embora o único exemplo seja o universo. Os economistas acham que o planeta é um subsistema da economia, que não há limites de crescimento e a economia pode ser maior que o planeta. O mito mecânico assume que o sistema econômico é neutro para o planeta. Isso impede que essa ciência se preocupe verdadeiramente com as pessoas e o meio ambiente.

Parabéns pelo texto.


Hugo


Eu também tenho um sonho - Fernando Fernandez


No dia 28 de agosto de 1963, nas escadarias do Memorial de Lincoln em Washington, Martin Luther King falou para duzentas mil pessoas e para a História. Ele falava da possibilidade de brancos e negros um dia viverem em paz, nos Estados Unidos ainda divididos por um vergonhoso racismo. Depois de um começo contido, ele foi se empolgando aos poucos, crescendo em entusiasmo, e sua fala foi se transformando em um emocionado compartilhamento dos seus sonhos com a multidão. Talvez nada expresse melhor isso do que uma das várias frases maravilhosas que deram o nome pelo qual o discurso se imortalizou: “Eu tenho um sonho de que meus quatro filhos pequenos irão um dia viver numa nação onde eles não serão julgados pela cor de sua pele, mas pelo conteúdo do seu caráter.”


Continue lendo: http://www.oeco.com.br/fernando-fernandez/25122-eu-tambem-tenho-um-sonho



Nenhum comentário: