segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Sugestão

Por favor se comentar deixe um email para contato.

Prezados amigos do blog,

Todos os anos vemos o desperdício e o nosso descaso atingir um pico nas festas de final do ano, com embalagens, presentes, comidas.

Aqui no banco eu recebo vários livros de arte ou de cultura e eu decidi inovar, pedindo as empresas das quais sou cliente, que mudem. Acho que essa e muitas outras são sugestões interessantes que todos podemos fazer. A maior parte das coisas que ganhamos ficam largadas ao lado de um mar de necessitados. Em relação ao brinde de livros, é muito triste quando sabemos que muitas escolas não dispõem de livros básicos para estudos. Finalmente, a verba que usam para fazer os livros é livre, porque abate imposto de renda na parte cultural. Acho que dá para combinar esse incentivo com algo realmente útil.

Segue abaixo cópia do email que mandei para eles:

Prezados

Estava de férias e recebi um livro de presente de final de ano do Credit Suisse. Tenho uma sugestão para o ano seguinte: ao invés de doar um livro para mim, gostaria que essa verba fosse convertida em livros educacionais para escolas pobres do interior do Brasil, para pessoas que realmente necessitam desse recurso, que não sou eu. Ao invés do livro, receberíamos um aviso que a verba foi usada para ajudar crianças brasileiras a estudarem.

Segue a sugestão. Gostaria de saber a opinião de vocês e da empresa a respeito.

Aproveito o ensejo para lhes desejar um ótimo 2010.

Abraço

Hugo

Um comentário:

Evelin Pontes Dos Santos disse...

Hugo,

Primeiramente quero parabenizá-lo pelos excelentes textos publicados no seu blog.
Hoje o abri e encontrei essa sugestão contra esse desperdício desenfreado. Achei muito apropriado, pois também recebi alguns livros e agendas que não teram uso para mim.

Aproveito para convidá-lo a visitar meu blog: http://www.dualidadefinanceira.blogspot.com/

Abraço

Evelin
evelin_pontes@hotmail.com