terça-feira, 19 de julho de 2011

A pior catástrofe ambiental de SP está em curso

Por favor se comentar deixe um email para contato.

Para animar a semana. Cheiro eu sinto todos os dias na torre onde trabalho que é uma caixa fechada que suga odores de esgotos e do rio Tietê negro a ponto de causar náuseas. Meus dias são assim: uma vista linda para Rio Negro e Céu Marrom. E detalhe: assim como ninguém - ninguém mesmo - comentou comigo a revogação do código florestal, é comum ninguém comentar essa visão sombria e pior, quando há visitantes dizem: "que vista linda." Nós definitivamente enlouquecemos ao sequer estar em contato com a realidade que entra pelas nossas bocas e narinas.

A pior catástrofe ambiental de São Paulo está em curso

16/07/2011 - 17:53

O que os olhos não vêem, o coração não sente. Porém, o ar de São Paulo deixou de ser transparente há muito tempo. Ele tem cor, cheiro, às vezes gosto e forma – que pode ser vista quando decolamos de avião da cidade. Hoje, ao vir para o Rio de Janeiro, fiquei triste ao ver o cobertor cinza sobre a minha cidade e, depois, comparar com o céu da metrópole vizinha.

Na minha opinião, essa é uma das piores catástrofes ambientais do país, embrulhada em um pacote bonito de pôr-do-sol avermelhado, que nos faz chorar de emoção com a vista embotada de pó e sujeira. Um repórter na TV, dia desses, exaltou o lindo fim de tarde, chamando as pessoas para saírem das suas casas e sentirem o clima, fazerem exercícios. Afe! Em seu momento de desserviço à pólis, esqueceu de pedir para trazerem os inaladores para a criançada e os idosos.

Continue lendo:

http://blogdosakamoto.uol.com.br/2011/07/16/a-pior-catastrofe-ambiental-de-sao-paulo-esta-em-curso/

Nenhum comentário: