segunda-feira, 7 de junho de 2010

A miopia do transporte de ônibus carioca

Por favor se comentar deixe um email para contato.

Por Alexandra Lichtenberg, Colunista de Plurale (*)

Todos sabemos que uma das principais iniciativas para melhorar o transito na cidade do Rio de Janeiro é a reformulação do sistema de transporte de ônibus. Melhorar o sistema de transporte de ônibus significa melhor qualidade de vida para o cidadão, que poderá se locomover mais adequadamente, e terá menor poluição do ar e menor poluição sonora (esta última, altíssima atualmente). Além, é claro, da redução dos acidentes.

Atualmente existem linhas demais, sobrepostas e mal planejadas – milhares de ônibus vazios congestionam a Zona Sul enquanto faltam ônibus na Zona Oeste e Norte, que por este motivo também vivem abarrotados. A frequência dos ônibus é completamente irregular, por vezes não passa um ônibus durante uma hora inteira, para em seguida passarem 3 ou 4 da mesma linha em fila indiana. Falta manutenção aos ônibus, e os motoristas necessitam urgente de cursos de direção: da maneira como dirigem gastam muito mais combustível, com o incessante arranque, aceleração absurda e freadas abruptas que chegam a derrubar pessoas dentro dos veículos. Alem, é claro, de não respeitarem nenhuma lei de transito, por muitas vezes sequer parando no ponto de ônibus para atender aos passageiros!

Pois bem, recentemente tem sido anunciada uma nova licitação das linhas de ônibus para a cidade. Mas o processo está emperrado, pois ainda não está claro se as empresas de ônibus teriam direito a indenizações com a nova licitação.


O resto do texto pode ser lido aqui: http://www.plurale.com.br/noticias-ler.php?cod_noticia=8513&origem=&filtro

2 comentários:

Carol disse...

Moro no Rio há 1 ano e meio, e é lamentável a condição do transporte carioca. Tenho o azar de precisar utilizá-lo, e várias vezes já vi acidentes horríveis, já quase me machuquei dentro do ônibus, quando os motoristas arrancam, e vejo todo dia uma população maltratada pelo governo sofrendo e aguentando essa tortura coletiva. E o pior. Calada.

http://sementesustentavel.blogspot.com

Romana disse...

Realmente a situação do trânsito no Rio de Janeiro é caótica,e, além do mencionado por Alexandra, existem também as vans! Essas, parando em cada esquina, achando-se donas da rua, com suas atitudes violentas no modo de dirigir e na falta de educação, contribuem muito para o aumento dos acidentes, da poluição sonora, da poluição do ar, enfim, do caos que se instalou nessa cidade, que já foi maravilhosa um dia.