terça-feira, 18 de novembro de 2014

Para não ter dúvida...

Por favor se comentar deixe um email para contato.

Isso é consequência do crescimento do PIB num modelo em rota de colisão com a Terra. Não é possível mudar a consequência sem mudar a causa. Não é mais possível evitar os efeitos da consequência, só conseguimos agora mitigar o dano...  A meta atual é 450 ppm, a anterior era 350 ppm. A diferença entre as duas metas é que cenários crítico de ruptura podem ocorrer mesmo que consigamos ficar dentro da meta atual.

https://scripps.ucsd.edu/programs/keelingcurve/wp-content/plugins/sio-bluemoon/graphs/co2_800k.png



Nenhum comentário: